Análise da inserção da competência em informação nos currículos dos cursos de Biblioteconomia e congêneres no Brasil e no México

  • Marielle Barros de Moraes Universidade Federal Fluminense
  • Andrea Doyle Louzada de Mattos Dodebei Aymonin IBICT/UFRJ
  • Ariel António Morán Reyes Universidad Autónoma do México (UNAM)
Palavras-chave: Competência em Informação. Currículo. Formação de bibliotecários no Brasil. Formação de bibliotecários no México. Ensino de Biblioteconomia.

Resumo

O trabalho apresenta uma pesquisa exploratória de caráter bibliográfico e documental sobre a inserção da Competência em Informação nos currículos dos cursos de Biblioteconomia do Brasil e do México. O material empírico da pesquisa documental foram os fluxos curriculares, as ementas e, em alguns casos, os conteúdos programáticos das disciplinas dos cursos de Biblioteconomia e congêneres existentes em ambos os países. O tratamento e a análise dos dados foram realizados com o método da Análise de Conteúdo das ementas e programas de disciplinas. Os resultados revelam que a Competência em Informação está cada vez mais presente em formato de disciplinas nos currículos dos cursos de Biblioteconomia do México, estando contida como conteúdo programático de alguma disciplina do fluxo curricular obrigatório. No que lhe concerne, no Brasil, menos da metade dos cursos possuem uma disciplina ou conteúdo programático de alguma disciplina do currículo que remetam à Competência em Informação. Além disso, em ambos os países, os currículos não possuem uma padronização do uso do termo. Conclui-se que a Competência em Informação apresenta-se no currículo tanto em formato de disciplina, quanto de forma transversal, mas que ainda não está presente na maioria dos currículos no Brasil, diferentemente do México e aponta a necessidade da inserção da temática no formato de disciplinas, de modo a formar bibliotecários que atuem como multiplicadores da competência em informação.

Biografia do Autor

Marielle Barros de Moraes, Universidade Federal Fluminense

Docente do Departamento de Ciência da Informação da Universidade Federal Fluminense (UFF) e do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da UFF. Doutora em Ciência da Informação pela Universidade de São Paulo (USP), com período de doutorado sanduíche na Universidad Nacional Autónoma de México (UNAM). Mestre em Ciência da Informação pela USP. Bacharela em Biblioteconomia pela Universidade Federal do Ceará (UFC).

Publicado
2022-06-04
Seção
Premiados do ENANCIB