O IBICT e a pesquisa em Ciência da Informação

reflexões à luz dos paradigmas de Capurro

Palavras-chave: Pesquisa em Ciência da Informação no Brasil 2. IBICT. 3. Doutorado em Ciência da Informação. 4. Produção cientifica (teses). 5. Paradigmas de Capurro.

Resumo

Pesquisa exploratória de caráter bibliográfico e documental, com abordagens quanti-qualitativa expressas por meios de dados descritivos e análises teórico-conceituais. O objetivo é conhecer quais abordagens paradigmáticas vêm sendo cotejadas nas pesquisas realizadas pelo Programa de Pós-graduação do IBICT/UFRJ, tendo com o objeto empírico as teses defendidas no período de 1994-2019 disponibilizadas no repositório da instituição. Parte do pressuposto de que os paradigmas postulados por Rafael Capurro são um modelo analítico que oferece subsídios a identificar as intersecções teóricas inerentes às abordagens tecnicista, cognitivista e social, entendendo-as não como etapas mais como movimentos que constituem o devir da Ciência da Informação. Os procedimentos metodológicos envolveram análises de conteúdo e bibliométrica, sendo analisados o resumo, as palavras-chave, a introdução e a conclusão das teses. Os termos recorrentes foram confrontados com a terminologia da área e categorizados de modo a ajudar na sistematização da análise. O resultado apontou relevantes indícios da preponderância do paradigma social, seja associado às abordagens cognitivas ou às fisicistas. Percebeu-se uma preocupação com pesquisas de corte epistemológico, tendo em vista que a CI ainda é uma ciência nova e segue necessitado de consolidação de seu arcabouço teórico-epistemológico como fator de afirmação de sua identidade.

Publicado
2022-05-21
Seção
Premiados do ENANCIB