Informação, conhecimento e valor da informação

proposta de modelo conceitual de memória organizacional

Palavras-chave: Memória Organizacional. Valor da Informação. Modelo Conceitual. Ambiente Organizacional.

Resumo

Informação, conhecimento e o valor da Informação, tem características de serem ubíquos e estão intrinsicamente ligados a competitividade das organizações. Nesse cenário, acredita-se que propor um modelo conceitual para a estruturação da memória organizacional potencializa a competitividade das organizações. Esta pesquisa possui natureza qualitativa, é tipologicamente descritiva e exploratória e fez uso do mapa conceitual objetivando propor um modelo conceitual de memória organizacional para o Instituto Senai de Tecnologia em Tecnologia de Informação e Comunicação. O modelo tem como meta sistematizar o fluxo de informações, evitar a perda do conhecimento intelectual, integrar saberes, fazer o uso e o reuso da experiência e do autoconhecimento. Pressupõe-se que para que a memória seja subsídio ao processo de tomada de decisão a memória repertório e a memória repositório devam ser usadas concomitantemente. A memória organizacional está relacionada ao modo de fazer as coisas e solucionar problemas e enfrenta como obstáculos a preservação do contexto, explicitar conhecimentos informais e superar a ênfase em artefatos. Espera-se contribuir e enriquecer o arcabouço teórico do campo científico da Ciência da Informação, mais especificamente no que se refere a proposição de modelo conceitual para estruturação da memória organizacional com vistas ao valor da informação e a competitividade organizacional.

 

Biografia do Autor

Marta Lígia Pomim Valentim, Universidade Estadual Paulista

Professora Titular. Doutora em Ciências da Comunicação. Universidade Estadual Paulista (Unesp).  marta.valentim@unesp.br. https://orcid.org/0000-0003-4248-5934.

Publicado
2022-05-27
Seção
Premiados do ENANCIB