Emergência de lugares de memória

tipologia, disputas e ressignificação

  • Caio Vargas Jatene USP
  • Nair Yumiko Kobashi Universidade de São Paulo (USP)
  • Mariana Ramos Crivelente
Palavras-chave: Lugares de memória política, Tipologia de lugares de memória, Oficialização de lugares de memória, Ditaduras Civis-Militares, América Latina

Resumo

Análise de 82 lugares de memória das ditaduras civis militares, recuperados entre 1990 e 2019, tipologia, reconhecimento oficial, lugares ressignificados e lugares em disputa, de seis países do Cone Sul: Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Paraguai e Uruguai. Constatou-se que a emergência da memória, na América Latina, ocorreu entre 2005 e 2016, em decorrência de mobilização da sociedade civil. A pressão sobre o Estado tem sido fundamental para a construção crítica da memória das ditaduras civis-militares.

Publicado
2022-06-17
Seção
Premiados do ENANCIB