ETAPAS DO CICLO DE VIDA DAS PATENTES DEPOSITADAS NO INPI COM BASE NA REVISTAS DE PROPRIEDADE INDUSTRIAL

  • Rene Faustino Gabriel Junior Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Ana Maria Mielniczuk de Moura Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Thiago Monteiro Alves
  • Fernanda Bochi Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Felipe Grando Brandão
  • Fabiano Couto Correa
Palavras-chave: patentes, patentometria, ciclo de vida das patentes

Resumo

Os documentos de patentes são importantes fontes de informação para análise da produção tecnológica de uma nação. Compreender o Ciclo de Vida das Patentes (CVP) é de suma importância para compreender a produção tecnológica. Este trabalho tem como objetivo geral compreender as etapas (despachos) de tramitação de pedidos de patentes depositados no escritório brasileiro de patentes (INPI). Para melhor atender este objetivo, desmembrou-se nos seguintes objetivos específicos: a) quantificar os pedidos de patentes pelas seções mais representativas da RPI; b) identificar o ciclo de tramitação no INPI; c) identificar o tempo de tramitação dos pedidos de registro. Como metodologia, o estudo utilizou os documentos disponibilizados em arquivos abertos da Revista da Propriedade Industrial (RPI) do INPI. Utilizando recursos computacionais foi possível processar os arquivos e gerar indicadores para esta pesquisa, utilizando o software estatístico R. Dos resultados obtidos, destaca-se a produção do CVP com base nas principais tramitações registradas nos fascículos da revista, possibilitando uma visão global deste fluxo. Também foi possível identificar a redução do tempo de tramitação para a concessão das patentes e aumento do número de concessões a partir de 2010. Este estudo confirmou a possibilidade do uso dos arquivos abertos da RPI para pesquisa, e instigou algumas questões sobre o fluxo das patentes no Brasil.

Biografia do Autor

Rene Faustino Gabriel Junior, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Professor do curso de Biblioteconomia e do Programa de Pos-graduação em Ciencia da Informação (PPGCIN) da UFRGS.

Thiago Monteiro Alves

Bacharel em Biblioteconomia pela UFRGS.

Fernanda Bochi, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Professora substituta do curso de Biblioteconomia da UFRGS e doutoranda no Programa de pos-graduação da UNESP.

Felipe Grando Brandão

Doutorando em Design - PGDESIGN/UFRGS

Fabiano Couto Correa

Professor adjunto do curso de Biblioteconomia e do Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação -PPGCIN da UFRGS.

Publicado
2021-04-26
Seção
Artigos Científicos